• Home »
  • Creche »
  • Por que as Crianças que ficam na Creche Desenvolvem Mais que as que não ficam?

Por que as Crianças que ficam na Creche Desenvolvem Mais que as que não ficam?

Mas afinal Qual é o Papel da Creche?

No Brasil, a creche é a primeira etapa do Ensino Básico antes da pré-escola. Os pais não são obrigados a colocar seus filhos em creches, mas o governo precisa atender os que querem. É direito da criança, está na Constituição… Mas na prática não é assim.

Crianças que ficam na Creches Desenvolvem Mais que as que não ficam?

Somos suspeitos em falar que as crianças que ficam em creches desenvolvem mais que as outras, por isso vamos acrescentar aqui a opinião de duas especialistas, uma em educação infantil da USP e a outra Pediatra e Psicanalista da USP.

Segundo a especialista em educação infantil, Maria Letícia Nascimento, da USP; “Crianças pequenas convivendo com outras pequenas, têm outro tipo de desenvolvimento. Elas conseguem estabelecer relações com outros adultos e com outras crianças, elas têm acesso a outros tipos de brincadeira. Então, a creche se configura como espaço importante para a criança”.

“Na escolinha, a criança vai ter outros desafios de habilidades sociais. Ela vai ter que disputar com outras crianças ou mesmo com os adultos que não vão ser iguais à mãe. Do ponto de vista afetivo, ela vai criar outros laços”, aponta Marisol Monteiro Sendini, pediatra e psicanalista do Serviço de Psiquiatria da Infância e Adolescência da USP.

De fato, crianças que frequentam creches desenvolvem social e intelectualmente mais rápido do que as que não frequentam. Convivemos dia a dia com essa realidade e é muito gratificante para nós quando os pais vem comentar sobre o desenvolvimento de seus filhos depois que começaram a frequentar o ambiente da Creche do Papai.

Mas infelizmente creche no Brasil não é para todas as crianças… Vamos ver mais detalhes sobre isso a seguir.

Falta de Creches = Problemão Socioeconômico?

Segundo informações do fantástico com base nos dados do censo escolar do Ministério da Educação, de cada 100 cidades do Brasil, 15 não têm nem uma sala para atender crianças de zero a três anos de idade. São 827 municípios sem um lugar para a criançada socializar e aprender.

A Falta de Creches torna-se um problema socioeconômico porque muitas pessoas poderiam estar trabalhando, e impulsionando a economia, mas estão em casa cuidando das crianças. Em muitos casos, as famílias precisam mudar para uma cidade onde tenham creches para deixar suas crianças, como no exemplo abaixo:

Márcia e o marido se mudaram de uma cidade maior, Santa Cruz, para a pacata Vela do Sol, no Rio Grande do Sul, em busca de tranquilidade. Trouxeram os dois filhos pequenos, e se depararam com um grave problema. “De não ter uma creche aqui, não ter um lugar onde eu possa confiar para deixar os dois”, diz Márcia.

Ela conta que, na cidade onde morava, o menino frequentava uma creche. “Ele não sabe mais brincar como ele brincava com as outras crianças e ficou dependente de mim”, conta a mãe do menino.

Resultado: depois de pouco mais de um ano, Márcia está de mudança de novo, em busca de uma cidade com creche. “Dá uma tristeza ir embora”, lamenta.

Creche do Papai tem uma Proposta

Histórias semelhantes a esta se repetem Brasil a fora constantemente, por esse motivo, nós da creche do papai estamos estudando expandir nossas operações abrindo novas unidades.

Somos uma empresa particular e sabemos que tem pessoas mais carentes que não tem condições financeiras para arcar com os valores para deixar a criança na creche, mas para os pais que tem interesse somos uma opção de creche viável.

Temos muitas recomendações dos pais que são nossos clientes, estamos no mercado a 4 anos com a missão de cuidar e educar as crianças em ambiente adequado, seguro para que os pais trabalhem tranquilos, realizem seus sonhos e objetivos enquanto movimentam a economia do País.

Visite nossa fan page curta nossa página e acompanhe o dia a dia de nossas crianças .

Gostou desse conteúdo? Compartilhe!